Monumento do Viaduto Latif Sebba recebe iluminação na cor verde para conscientizar sobre prevenção a acidentes no ambiente de trabalho
Prado-BA, um dos melhores locais no planeta para observação de baleias jubarte
Exibir tudo

Prefeitura de Goiânia investe 20,92% em saúde, e supera 15% determinados pela Constituição, aponta Rogério Cruz, em prestação de contas realizada nesta segunda-feira (18/04)

Prefeitura de Goiânia investe em saúde 40% a mais do que determina Constituição: prefeito Rogério Cruz, durante balanço na Câmara Municipal, informa que investimentos no setor somam 20,92%, e superam 15% determinados pela Constituição / Foto: Fernando Leite e Jucimar de Sousa

20 de abril 2022

Investimentos no setor ultrapassam em 40% limite mínimo exigido, o que totaliza R$ 228 milhões a mais do que o previsto. “Vimos necessidade de resposta imediata à crise sanitária”, afirma prefeito, na Câmara Municipal, em apresentação de balancete referente ao 3º quadrimestre de 2021

Ao apresentar, à Câmara Municipal de Goiânia, contas da administração relativas ao 3º quadrimestre de 2021, o prefeito Rogério Cruz apontou que a Prefeitura de Goiânia investiu, em saúde, ao longo de 2021, 40%, a mais do que determina Constituição.

“Investimentos em saúde superaram em 40% limite constitucional obrigatório, que é de 15%. Ao todo, nós investimos 20,92% da receita para cuidar da saúde das pessoas. Foram R$ 228 milhões a mais do que o previsto, um gasto necessário para dar resposta imediata à crise sanitária”, destacou, na segunda-feira (18/04).

De acordo com o balanço, o município aplicou na Saúde 20,92% dos R$ 3,8 bilhões da receita de impostos e transferência constitucionais. Parte significativa da receita da prefeitura foi aplicada na abertura de novos leitos, testagem em massa, vigilância epidemiológica, contratação de pessoal, e toda a logística para vacinação, bem como na criação e ampliação de programas sociais para minimizar as dificuldades da população mais carente, principalmente em face da pandemia de Covid-19.

Durante balanço, prefeito destacou que os investimentos na Educação, no mesmo período, também superaram o mínimo constitucional. “Os resultados alcançados em 2021 demonstram o equilíbrio das contas públicas, a responsabilidade fiscal, e o nosso compromisso com o povo goianiense em todas as suas necessidades”, detalhou o prefeito, ao frisar que a atual gestão cria condições para a retomada econômica da cidade, com políticas para a geração de emprego e renda.

Durante a prestação de contas, o prefeito também destacou que os investimentos na Educação, no mesmo período, também superaram o mínimo constitucional. O balanço mostra que foram aplicados 25,49% da receita.

“Investimos na abertura de mais de três mil vagas na rede municipal, inauguração de Cmeis, criação de novas escolas em tempo integral, e repasse de R$ 33 milhões para reformar todas as unidades escolares. Dialogamos muito para assegurar aos professores e demais trabalhadores da Educação uma correção salarial digna e que fique dentro dos limites de responsabilidade fiscal”, frisa o prefeito.

Ele ressalta que, mesmo com os investimentos vultosos nas áreas de saúde e educação, todas as obras em andamento foram mantidas. “E preparamos a aceleração de investimentos em infraestrutura neste ano: 2021 foi um ano de muito planejamento, 2022 será de execução e de continuidade”, afirma.

Confira o documento

Secretaria Municipal de Comunicação (Secom) – Prefeitura de Goiânia